Parceria

terça-feira, 3 de novembro de 2009

Moreira


Faz hoje oito anos que José Moreira se estreou oficialmente pelo Benfica, entrando aos 24 minutos do Benfica-V. Guimarães (0-0), no Estádio da Luz, a contar para o campeonato, a 3 de Novembro de 2001.

Então com 19 anos, o jovem guarda-redes substituiu o lesionado Robert Enke (alemão a jogar hoje no Hannover 96), iniciando aí um percurso no clube com altos e baixos – já foi titular e herói e hoje é o terceiro na hierarquia, atrás de Quim e Júlio César. Fonte: A Bola

Moreira, actual guarda-redes do Benfica, estreou-se na baliza encarnada faz hoje 8 anos, jovem e de tenra e idade, Moreira tinha a ''enorme'' honra de substituir o guarda-redes alemão Enke.
Lançado por Toni e que na altura ninguem duvidou na aposta um guarda-redes para o futuro!
Muitas vezes comparado ao guarda-redes espanhol Iker Casillas, Moreira sempre foi um guarda-redes competente e que se estreou num ''grande'' numa idade muita imatura e que nunca se embaraçou com isso.
Hoje... a realidade é muito diferente, devidos ás constantes lesões Moreira nunca mais voltou a ser opção na baliza encarnada (excepto na 2º volta da Liga Sagres 08/09 com Quique Flores).
E é com imensa pena que veijo que Moreira está completamente ''encostado''.
Moreira pela pré-epoca que fez acho que mereçia pelo menos mais e melhor e por tudo aquilo que deu por esta casa!
Recentemente, Toni (treinador que o lançou) falou sobre ele num entrevista a um jornal desportivo e destacou que a seguinte frase:'' A vida dele não acaba''.
Destacando também que se fosse treinador do Benfica por uma questão de principios apostaria no Moreira por na pré-epoca demonstrar que estava melhor que Quim.
Toni disse ainda que tem ''imensa'' pena daquilo que se passa hoje com Moreira e que no passado nada indicava que isto iria ser assim.
Como seu admirador pessoal, o que lhe deseijo é que ao fim do contracto (termina em julho de 2010) procure um clube onde jogue e que demonstre que estava á altura do Benfica!
Desejamos também os parabens a Aimar que faz hoje 30 anos .

segunda-feira, 2 de novembro de 2009

Braga vence e lidera



Uma vitória justíssima do Braga, a mostrar que a candidatura ao título pode não ser, afinal de contas, apenas uma miragem. A equipa bracarense entrou à Benfica: pressionante, a não deixar jogar as águias, caindo em cima dos jogadores do Benfica logo à saída da sua área. E esta forma de jogar deu frutos. Como sempre dará. É assim que se tem de jogar. O árbitro não teve grande influência no resultado. Podia ter expulsado João Pereira, mas também se aceita a sua decisão. O golo anulado a Luisão: a falta existe de facto de Cardozo, embora Leone também o agarre depois. Se o árbitro validasse o golo, não seria estapafúrdio. Mas também esteve bem ao marcar a falta (coisa que fez ainda antes de Luisão cabecear). As culpas desta derrota são todas de Jorge Jesus.



Exacto, a culpa é de Jorge Jesus. Se a campanha esta época do Benfica tem sido tão fantástica, isso deve-se sobretudo ao técnico, que tem todo o mérito de ter conseguido passar a mensagem aos jogadores, as suas metodologias e os seus pensamentos. Mas (e como há sempre um mas) ontem isso não se verificou, como já tinha acontecido também em Atenas.

A primeira parte começou de forma atípica, pelo menos do que se tem visto do Benfica esta época. O Braga a pressionar constantemente, o Benfica a sair a espaços para o ataque, mas sem resultados práticos. E eis que Fábio Coentrão (que fez um bom jogo) acabou por fazer o que se temia: um descuido próprio de quem não tem rotinas na posição, um livre perigosíssimo e... um golo sofrido. Quim é mal batido (mais uma vez) mas o remate de Hugo Viana levava selo. A piscar o olho à selecção.



Depois o Benfica acordou, foi em busca do golo do empate, mas o Braga esteve sempre muito bem. Aliás, o Braga tem uma excelente equipa (que já vem, na sua larga maioria, da época passada, excepto Hugo Viana) e provou-o mais uma vez. Ao intervalo, mais um duro revés. Aquela confusão estúpida iniciada por uma atitude irreflectida de Di María (que não me pareceu intencional, de forma nenhuma) prejudicou, como referiu JJ na conferência de imprensa, bem mais o Benfica, pois o Braga apenas abdicou de Meyong para Rodriguez ir para o lugar de Leone, e sabe-se como Meyong não está em grande forma. O Braga continuou com Alan e Paulo César na frente e não se notou grande diferença. Já o Benfica ficou sem a sua grande referência no ataque (que até pode falhar o jogo com o Sporting, dependendo do castigo que irá apanhar - se for 3 jogos, bye bye Cardozo para Alvalade) e entrou para a segunda parte sem colmatar essa baixa. JJ tentou depois emendar a mão, mas na minha opinião foi nessa alteração que errou em toda a linha. Tirou o baluarte do meio-campo (Javi Garcia), certamente pelo amarelo que este já tinha, mas isso em Javi não é um factor que condicione muito, pois a sua inteligência táctica permite-lhe saber não ser expulso. Já Ramires está há uns 4 jogos em claro sub-rendimento, sofrendo de um mal comum a todos os que vêm do campeonato brasileiro: já fez uma época inteira nesta altura. Na minha opinião, precisa claramente de descanso durante uns jogos. E ontem deveria ter sido ele o substituído. Depois a entrada de Keirrison. Percebe-se o que JJ está a tentar fazer. Dar minutos ao miúdo. tentar que algo lhe saia bem para ganhar confiança, mas ontem não era de todo o jogo ideal. E não foi. Keirrison esteve 40 minutos em campo e mal se viu, aliás falhou um lance que um verdadeiro ponta-de-lança marcaria. Falta-lhe claramente confiança. Novo Balboa à vista?



O Braga aproveitou o maior balanceamento ofensivo do Benfica e, num contra-ataque mortífero (com um erro tremendo de Ramires), Matheus fez o que quis do brasileiro e assistiu Paulo César, que marcou facilmente o segundo golo bracarense. JJ colocou depois Amorim e Weldon, tirando a dupla argentina que esteve muito apagada (Aimar-Saviola), em substituições que pecaram por tardias. Nuno Gomes devia ter entrado no lugar de Keirrison e Maxi Pereira também está num mau período. JJ deveria pensar seriamente em fazê-lo descansar, Amorim dá perfeitamente conta do recado.

E assim, o Benfica cedeu a sua primeira derrota no campeonato, naquele que também foi o primeiro jogo sem marcar. O Braga mereceu a vitória e talvez este resultado tenha sido o ideal para colocar um travão na euforia a que já se vinha assistindo. Ainda faltam 21 jogos para o fim do campeonato e ninguém é campeão à 8ª jornada. Nem à 9ª. No fim se verá quem foi o melhor.

quarta-feira, 21 de outubro de 2009

Benfica recebe Everton



Jorge Jesus orientou na manhã desta terça-feira, o treino do Estádio da Luz, tendo em vista o jogo com Everton a contar para a Liga Europa. O técnico tem três baixas por questões físicas.

Nos apenas 15 minutos abertos à Comunicação Social, foi possível ver que Jesus não conta com Shaffer com uma lesão muscular no joelho direito.

De fora para o jogo está também o avançado brasileiro Keirrison com uma contusão no joelho direito. Luís Filipe também não foi visto no apronto por apresentar um estiramento muscular no adutor do joelho direito.

O técnico chamou o júnior Mário Rui para colmatar a ausência do defesa-esquerdo Shaffer.

No final do treino, Saviola e Jorge Jesus fazem a antevisão à partida com Everton, quinta-feira às 18 horas.

PS: Não fizemos o resumo do jogo para a taça de Portugal devido á falta de tempo.

Ricardo Araujo Pereira in ABOLA





A minha pátria já está no Mundial

Bom, não estará completamente, mas para lá caminha. Não quero parecer demasiado optimista. É certo que faltam ainda uns dois jogos decisivos mas, em princípio, em breve fica tudo resolvido e a minha nação estará na África do Sul: Luisão e Ramires já se apuraram, Aimar e Di María (e, quem sabe, Saviola) também, Óscar Cardozo está igualmente qualificado, Quim, César Peixoto e Nuno Gomes podem estar quase, assim como Maxi Pereira, e o seleccionador de Javi Garcia já disse que o tem debaixo de olho. Vai ser um Mundial em cheio, talvez como o de 1990, em que também estivemos presentes. Decorria a fase de grupos quando o meu primo me telefonou: «Estás a ver o jogo do Benfica?» Claro que estava. Boa parte das pessoas chamava-lhe Brasil-Suécia, mas era o jogo do Benfica: Ricardo Gomes, Mozer, Valdo, Schwarz, Thern e Magnusson como titulares, e Glenn Stromberg ainda entrou, para dar ao jogo um cheirinho a velhas glórias. Foi um belo desafio dos meus compatriotas. Espero que o próximo Mundial me traga mais desses.


Talvez a maioria dos leitores não compreenda, mas sempre senti que o meu país é o Benfica. Sou português, claro, até porque o Benfica é português. Sou lisboeta, até porque o estádio da Luz fica em Lisboa. Mas a minha pátria é o Benfica. Sempre achei que pertencia mais ao país de Schwartz, Valdo e Filipovic do que ao de Fernando Couto, Jorge Costa e Sá Pinto. Os jogadores do Benfica são meus compatriotas; os da selecção nacional, nem sempre. Muito provavelmente, o leitor considerará que sou estranho, mas eu sinto-me muito mais compatriota de Ruben Amorim ou Fábio Coentrão do que de Liedson ou Pepe. É absurdo, eu sei, mas é assim.


Tenho estado a fazer uns tratamentos e aguardo resultados positivos em breve. Todos os dias, escrevo 10 vezes num caderno a frase «O Benfica não é obrigado a golear todos os jogos». E depois leio e finjo que acredito. Tudo isto serve para tentar moderar o entusiasmo, que é injustificado. O calendário tem sido favorável ao Benfica. Ainda não defrontou Porto, ou Sporting, o que já aconteceu com os outros. O Benfica limitou-se a dar três ao facílimo Paços de Ferreira (que empatou com o Porto) e dar quatro ao muito macio Belenenses (que empatou com o Sporting). Tudo jogos fáceis, claro. O avanço do Benfica não significa nada. Basta-me repetir esta frase um bom número de vezes e pode ser que passe a acreditar nisso. Os sportinguistas e portistas já conseguiram. Deve ser uma tarefa simples.

Ricardo Araújo Pereira - Edição 17 de Outubro 2009, Jornal A Bola

sábado, 10 de outubro de 2009

Benfica soma e segue, também no futsal (3-0) !

O Benfica venceu neste sábado, para a 5ª jornada do Nacional de Futsal, o Fundão por 3-0, equipa que na jornada passada tinha conseguido vencer o Sporting por 2-1.

Os golos da nossa equipa foram marcados por Gonçalo Alves, Marinho e César Paulo.

Até agora, 5 jogos 5 vitórias!

CONTINUA BENFICA!

Vólei segue invicto!




Tal como na 1ª jornada o Benfica voltou a vencer por 3 "set's" a 0.

Desta feita foi contra o Esmoriz, fora.

Esmagámos o Esmoriz por 25-15 29-27 e 25-22.

Parabéns equipa!

Júniores reforçam cada vez mais a liderança!


Os nossos "miúdos" venceram o Nacional da Madeira por 3-1 no Seixal.

O Benfica chegou estar a perder por 0-1 mas a raça, a força e ambição deram a vitória mais do que merecida aos nossos Júniores!

Ademir, Ruben Pinto e claro está o nosso matador Nélson Oliveira fizeram o gosto ao pé e deram assim o resultado por completo.

Nélson Oliveira é neste momento o melhor marcador na nossa equipa com 6 golos marcados em 4 jogos!

Aqui fica a classificação dos 3 primeiros classificados da Zona Sul:

1º Benfica 19pts
2º Sporting 17pts
3º E. Amadora 16pts

Manter a rotina


Foi um treino diferente, o que ocorreu hoje de manhã no Caixa Futebol Campus. Jorge Jesus promoveu um jogo-treino frente ao Carregado, equipa que milita na Liga Vitalis, e que conta com jogadores nossos emprestados como, Miguel Rosa, Ivan Santos, André Soares e Adriano Silva.


Jorge Ribeiro «bisou», Keirrison também fez o gosto ao pé através de uma grande penalidade e Weldon fechou o marcador com um cabeceamento certeiro para o fundo da baliza do guarda-redes do Carregado.

O Benfica alinhou de inicio com: Moreira; Rúben Amorim, Sidnei, David Luiz e Shaffer; Javi García, Felipe Menezes, Jorge Ribeiro e Saviola; Weldon e Keirrison.

Foi um bom teste para o compromisso que se avizinha para a Taça de Portugal frente ao Monsanto em Torres Novas.

terça-feira, 6 de outubro de 2009

Benfica mais uma vez...demolidor!


PAÇOS DE FERREIRA 1 - 3 SL BENFICA


Raça, querer e ambição. O Benfica foi a Paços com a ambição de fazer esquecer a derrota em Atenas.
E conseguiu-o. Foi um Benfica que na 1ª parte dominou por completo a partida. O Benfica adiantou-se logo aos 4 minutos num canto de Carlos Martins e David Luiz ao 1º poste desvia para o fundo das redes de Cássio, o guarda-redes que costuma "frangar" quando joga contra os outros dois.



Após o 1º golo o Benfica não tirou o pé do acelarador e após uma boa visão de jogo de Saviola a bola vai para os pés de Carlos Martins (que grande jogo que fez) e do meio da rua, num remate a 106Km/h fez o 0-2.


E como não se via à muito o Benfica não adormeceu "à sombra da bananeira" e depois de um grande passe de Cardozo, Saviola é puxado à entrada da área do Paços e já se adivinhava o que iria acontecer a seguir...

GOLÃO MAGISTRAL DE OSCAR CARDOZO!


Fomos para o intervalo com o jogo já ganho.
Na 2ª parte limitámo-nos a segurar o resultado, acabando por justamente sejamos sinceros, por sofrer um golo, devido à boa exibição que o Paços fez na 2ª parte.

De realçar que esta foi a vitória 100 de Jorge Jesus e a vitória 1.400 do Benfica na Primeira Liga!

Que venha o próximo jogo contra o Monsanto!

EU AMO O BENFICA!

P.S.: Este foi o meu 1º post neste blog, espero contribuir para o maior sucesso do Blog!

domingo, 4 de outubro de 2009

Lista de Convocados para o jogo frente ao Paços


  • Lista de Convocados

Jorge Jesus chamou 19 jogadores para o encontro de amanhã na Mata Real frente ao Paços de Ferreira. O treinador do Benfica não pode contar com Pablo Aimar, Angel Di Maria e também Maxi Pereira, ambos ao serviço da respectiva selecção.

O melhor marcador do Benfica e também da Liga, foi chamado por Jorge Jesus.

Lista de Convocados:

Guarda-redes: Quim e Júlio César;

Defesas: Luisão, David Luiz, Sidnei, Luís Filipe, César Peixoto e Shaffer;

Médios: Javi Garcia, Ramires, Ruben Amorim, Felipe Menezes, Carlos Martins e Fábio Coentrão;

Avançados: CARDOZO, Saviola, Nuno Gomes, Weldon e Keirrison

sábado, 3 de outubro de 2009

Di Maria renova




Di Maria renovou o vinculo com o Benfica mais 3 epócas e subiu a sua clasula de rescisão para os 40 milhões.
O Benfica comunicou ontem á CMVM a renovação.
Di Maria já falou sobre a renovação á BenficaTV e disse que espera ficar no Benfica por muitos anos e que esta renovação só demonstra que a sua cabeça esta no Benfica.
Di Maria e Aimar não poderám defrontar o Paços devido aos compromissos da selecção argentina que tem uma carta decisiva.